27 agosto 2011

Sinto-te

Caminho pela Vida, como se de uma estrada se tratasse. Com pedras e buracos íngremes, ora tropeço, ora caio...mas logo de seguida me ergo. E sempre com mais força do que a queda. E é com as pedras e os buracos desta estrada que aprendo, com alegrias e tristeza, com risos e lágrimas. E tudo porque te sinto.

Sinto-te.

E sempre aqui tão perto de mim...

2 comentários:

Rui dos Santos disse...

Palavras que deslizam na alma!

Ioana-Carmen disse...

This is so nice darling! What do u say about following each other?:X


FashionSpot.ro